Vai abrir seu consultório odontológico em 2021? Quais erros você não pode cometer?

Está pensando em abrir um consultório odontológico em 2021? Essa pode ser uma excelente oportunidade, mas é necessário muito cuidado e atenção. Mais do que nunca, é preciso ter o máximo possível de eficiência e evitar os erros de gestão.

Afinal, 2021 está começando em um cenário de incertezas. A vacina contra a COVID-19 já começou a ser aplicada em alguns lugares, com a promessa de uma retomada à normalidade no futuro. No entanto, a vacina ainda não alcançou todo mundo e é difícil de prever quando a pandemia vai, de fato, terminar.

Além disso, as consequências da crise do coronavírus provavelmente ainda serão sentidas por um bom tempo. Afinal, o impacto da pandemia também foi grande na odontologia e não sabemos até quando os dentistas vão ter de lidar com isso.

Então, se você quer começar um consultório odontológico de sucesso em 2021, é necessário fazer o possível para evitar quaisquer erros de gestão.

Por isso, separamos os cinco principais erros que você não pode cometer ao abrir seu consultório em 2021.

  • Ignorar os aprendizados da pandemia
  • Não aproveitar as redes sociais para fortalecer o relacionamento com o paciente
  • Não ter uma boa gestão de tempo
  • Ignorar o potencial da tecnologia na gestão odontológica
  • Não contar com atendimentos online para complementar o cuidado com o paciente

Ignorar os aprendizados da pandemia

O coronavírus desencadeou uma crise global, que foi além dos problemas na área da saúde, atingindo a economia pública e privada e até o modo de vida das pessoas.

Contudo, em meio a tantas dificuldades em 2020, há pérolas de aprendizado que devem ser levadas para o seu novo consultório.

Entre essas lições da pandemia para a gestão de consultórios odontológicos está a necessidade de ter uma organização realmente eficiente. Tornou-se essencial cuidar de cada detalhe para não perder o controle sobre sua gestão.

Além disso, viu-se quão importante é reduzir custos em clínicas odontológicas. Afinal, em momentos de crise, ter uma boa reserva é essencial. É aí que entra a importância de uma excelente gestão financeira, com contabilidade, relatórios e controle do fluxo de caixa.

Por fim, um dos principais aprendizados é sobre a importância de um bom  relacionamento com seus pacientes. Em tempos de crise, foi só a fidelização de pacientes que manteve muitas clínicas funcionando.

Leve esses ensinamentos para o seu novo consultório e você terá muito mais chances de alcançar o sucesso.

Não aproveitar as redes sociais para fortalecer o relacionamento com o paciente

Hoje em dia, ter um consultório aconchegante e um atendimento de excelência não é suficiente para conquistar a fidelização de seus pacientes. Pelo contrário: é hora de chegar até eles mesmo fora dos momentos de consultas e conquistá-los no dia a dia.

Por isso, vá até onde seus pacientes estão: tenha perfis nas redes sociais que eles mais utilizam, produza conteúdos realmente interessantes e abra esse canal de comunicação com eles. Você vai ver como seu relacionamento vai se transformar.

Não ter uma boa gestão de tempo

Um erro sério que muitos dentistas cometem é não controlar de perto o seu próprio tempo, e você precisa levar isso em conta se quer que seu novo consultório seja um sucesso.

Sem uma boa gestão de tempo, é muito fácil começar a atrasar consultas, não conseguir dar a atenção necessária ao paciente e até falhar na sua gestão da clínica. Tudo isso são passos no caminho do fracasso.

Por isso, é essencial que você planeje seus dias com o auxílio de uma boa agenda eletrônica. Defina prioridades entre suas tarefas, faça uma média do tempo dos atendimentos e preveja até horários para o descanso e para a alimentação.

Assim é muito mais fácil ter um controle sobre o seu dia, oferecer um atendimento de qualidade e focar na gestão do consultório, para que ele possa crescer com sucesso.